cursos-de-fotografia-em-sao-paulo

Com a popularização dos smartphones e celulares com câmera fotográfica. Além das câmeras digitais, fazer fotografias se tornou rotineiro e comum para todas as pessoas. Porém, a facilidade em registrar um momento não significa que isso seja feito com qualidade.

Para que uma fotografia seja o registro perfeito de um momento é preciso que quem a tirou saiba o que está fazendo. E por isso, quem deseja fazer belas fotos ou então até mesmo começar uma carreira como fotógrafo, deve fazer um curso de fotografia.

Essa é uma maneira de dominar as técnicas da fotografia, aprender a escolher os melhores ângulos, trabalhar com luzes e sombras, definir o melhor local, explorar todos os recursos das câmeras entre outros conhecimentos fundamentais para que as imagens sejam fieis ao original.

E para que está em São Paulo fazer um curso de fotografia é muito fácil, porque existem várias escolas e instituições que o oferecem. E aqui vamos deixar para você uma lista com alguns dos melhores cursos de fotografia em São Paulo, então basta escolher o seu e começar a fazer cliques incríveis e profissionais.

  1. Senac

Oferece modalidades diferentes para o curso de fotografia, sendo cursos livres, técnicos e graduação. Assim, é possível optar por aquele que mais esteja acequiado ao que se pretende, se apenas tirar boas fotos para si ou fazer carreira.

  1. DRC Cursos

Oferece cursos de fotografia e também para edição de imagens, o que pode ser ideal para quem pretende não somente fazer registros, mas também trabalhar as fotografias dando um toque pessoal. É um centro de treinamento experiente, com mais de 20 anos de atuação.

  1. Focus

Com tradição que vem desde o ano de 1975, forma profissionais na área de fotografia dando todo o suporte teórico e técnico que precisam, essencial para dominar o universo da fotografia.

  1. Escola Panamericana de Arte

Oferece curso de formação em fotografia, e além de transmitir os conhecimentos que o profissional vai precisar para exercer a profissão, também trabalha a criatividade dos alunos para que se tornem profissionais completos.

  1. Cine Clube Bandeirantes

Com 75 anos de tradição, essa é uma das escolas mais tradicionais de São Paulo, e apontada como uma das mais importantes também. Oferece cursos de fotografia tanto para amadores como para profissionais.

  1. Full Frame

Com fundação datada de 2007, a escola já formou 3.000 alunos e oferecer cursos de fotografia em diversos níveis, para que tanto aqueles que não têm conhecimentos, como os que pretendem aperfeiçoá-los, encontrem ali o que precisam.

  1. IIF – Instituto Internacional de Fotografia

O IIF oferece cursos de fotografia também em formato livre e outros voltados para os profissionais da área. Atende tanto experientes como também pessoas amadoras. E segundo os profissionais é uma das melhores escolas de fotografia.

  1. Escola São Paulo Economia Criativa

E por fim, mas não menos importante, esse curso de fotografia também atende profissionais e amadores, e traz conhecimentos básicos e outros que vão até a fotografia para moda e ainda fotojornalismo.

Seja para suas selfies e fotos pessoais, ou então para se tornar um fotógrafo profissional, você pode optar por um desses cursos e descobrir o maravilhoso mundo da fotografia.

 

viagens-para-o-jalapao

Localizada no estado do Tocantins, Jalapão é uma região do cerrado brasileiro que engloba vários municípios. Sua área total é de 34 mil km² e ali também se localiza o Parque Nacional do Jalapão.

Para quem gosta de ecoturismo essa é uma viajem que vai entrar para as melhores de sua vida. Porque o Jalapão é repleto de belezas naturais, e considerado o maior bloco remanescente de vegetação nativa de todo o território brasileiro.

Mas para aproveitar bem essa viagem, as belas cachoeiras, os fervedouros, as dunas de areia e belíssimas paisagens, é fundamental não ter dúvidas. Por isso, neste post você vai encontrar as respostas para as principais perguntas de quem está pensando em viajar para o jalapão. Veja só.

  1. Quais transportes chegam ao Jalapão?

Ir de avião até o Jalapão não é possível, porque lá não há aeroportos. Então, o jeito é seguir por terra, mas você pode voar até a capital Palmas e depois seguir de carro até o seu destino utilizando as rodovias.

  1. É verdade que vou precisar de um carro com tração?

Sim, é verdade, porque as estradas são de terra ou de areia por lá, e carros sem tração 4×4 costumam ficar atolados. E mais, além de um carro prefira seguir viagem com um motorista acostumado com estradas de areia, porque o terreno é traiçoeiro.

  1. Vou precisar de um guia para viajar pelo jalapão?

Você não precisa necessariamente de um guia para conhecer o local, porque isso não é obrigatório. Porém, considere que a região tem um acesso difícil, a cobertura de telefonia móvel é precária e as estradas mal sinalizadas.

Por isso, para quem não deseja ficar pelo caminho sem socorro e comunicação, é preferível contratar um tour pela agência ou então um guia particular quando chegar lá.

  1. Qual é a melhor época para viajar para lá?

Quanto ao calor não se preocupe, porque no Jalapão a temperatura média é de 30°C o ano todo. Mas para aproveitar melhor sem a secura do ar ou o excesso de chuvas, o ideal é ir para lá no começo da seca, que seria entre os meses de maio e julho.

Isso porque o ar ainda está com boa umidade relativa, a vegetação está verde e não há muitas chuvas para atrapalhar a viagem. Mas o pôr-do-sol mais bonito está no final da seca, porém, pode haver desconforto com a secura do ar e sensação térmica.

  1. Quais são os pontos mais bonitos do Jalapão?

Toda a região do Jalapão é belíssima, mas podemos indicar alguns pontos que vão ficar em sua memória. Se você for para lá, não deixe de conhecer:

  • as Dunas do Jalapão – ideais para ver um pôr-do-sol;
  • a serra do Espírito Santo – o nascer do sol é belíssimo;
  • a Cachoeira do Formiga – tem uma quantidade incrível de verde;
  • a Prainha do Rio Novo – o lugar ideal para fugir de tudo e relaxar;
  • a Cachoeira da Velha – perfeita para praticar rafting;
  • o Fervedouro do Ceiça – você não vai esquecer a sensação de flutuar ali.

Agora você já sabe como chegar lá, os desafios que pode encontrar e o que deve visitar. Então, é hora de fazer as malas e seguir rumo a um dos mais belos destinos do Brasil. E não se esqueça de registrar tudo, porque você vai querer ver e rever inúmeras vezes.

 

app-para-editar-fotos2

Nem todos os cliques que nós fazemos ficam perfeitos, ou quem sabe dá para melhorar um pouquinho. E para conseguir postar aquele selfie impecável ou uma fotografia de tirar o fôlego, temos o suporte de aplicativos editores de imagem, que nos ajudam deixar nossas fotografias como desejamos.

Mas não são todos os Apps editores que cumprem bem essa função e para alcançar o resultado ideal, é preciso utilizar um bom aplicativo. E neste artigo vamos mostrar para você quais são os melhores para editar fotos no Android e no iPhone. Confira nossa lista!

  1. Adobe Photoshop Express

O melhor programa de edição de imagens também possui a sua versão mobile. Você faz a captura com sua câmera do celular e pode trabalhar como quiser usando esse App. Além de funções básicas como cortar e rotacionar, você também pode aplicar filtros e corrigir imperfeições.

  1. Google Snapseed

Embora seja um aplicativo desenvolvido pelo Google, esse App editor de imagem também funciona com perfeição no iPhone. Ele é gratuito e oferece ferramentas para melhorar imagens, como cortes, filtros, ajustes de brilho e foco, remoção de elementos e tudo isso com muita agilidade, porque o App é rápido na edição.

  1. VSCO

Essa é mais uma opção que roda tanto em aparelhos Apple como no Android. Você conta com opções de filtro que ainda podem ser mais ou menos intensos. Também é possível corrigir o contraste e a temperatura das imagens. Ele é gratuito, mas possui uma versão paga e pode ser o App ideal para suas fotos de redes sociais.

  1. Prisma

Esse é o App ideal para quem deseja fazer de suas fotografais uma verdadeira obra de arte. Ele não é como os demais aplicativos, e você pode usar filtros incríveis que são inspirados em estilos artísticos. Muito poular para aparelhos iPhone, agora ele também possui uma versão Android.

  1. FaceTune

Esse App é para aparelhos com Android, e na verdade, trata-se de um item indispensável para quem adora tirar selfies. É possível fazer muitas mudanças nas imagens com ele, como branquear os dentes, corrigir imperfeições e fazer ajustes de cor. Tudo para postar aquela foto que ganha centenas de curtidas.

  1. Enlight

Esse é o aplicativo para quem está aprendendo a usar editores de imagem e também para quem já tem alguma experiência nisso. O App oferece efeitos práticos, como remover objetos, e também algumas funcionalidades mais artísticas. Além disso, você pode trabalhar apenas uma parte da foto, o que permite muitas possibilidades. Mas ele é só para quem usa o iPhone.

Nada de fotografias com “cara lavada” em suas redes sociais! Com esses Apps editores de imagem você vai postar apenas a nata de suas melhores imagens!

 

çamera-de-acao-na-sua-viagemçamera-de-acao-na-sua-viagem

O mercado tecnológico está sempre inovando e trazendo opções interessantes para utilizarmos no trabalho, no dia a dia ou então durante nossas viagens. E a câmera de ação é uma dessas opções que já caiu no gosto dos aventureiros.

Isso porque ela é capaz de fazer registros incríveis e únicos de suas aventuras, mesmo que você esteja em movimento, que as condições não sejam muito boas e você não possa manusear pessoalmente o equipamento.

Suas funcionalidades e seu design atraem os consumidores, que veem nesse tipo de câmera a alternativa ideal para imortalizar os seus momentos de aventura com a qualidade que se espera, a fim de ser fiel ao original.

Você ainda não tem uma câmera de ação? Então veja a seguir algumas razões que vão lhe mostrar porque você precisa ter uma dessas em sua próxima viagem.

  1. Características gerais

Se você precisa de uma câmera com boa resolução, completa, versátil e prática, a câmera de ação traz para você as características gerais que está buscando, como leveza, portabilidade, design compacto, case à prova de água e contra choque, sistema de estabilização de imagens e suporte para capacete.

  1. Opções de registros

A câmera de ação pode ser utilizada tanto para registro de fotografias como também para fazer vídeos. Ou seja, você pode escolher como deseja registar suas aventuras, e em ambos modelos ela mostra excelente qualidade, e armazena em cartão MicroSD.

  1. Imagens em movimento

Uma das grandes vantagens da câmera de ação para os aventureiros é que elas fazem o registro de imagens mesmo em movimento. Ou seja, você pode conseguir um ótimo clique daquele milésimo de segundo e alcançar a resultado de imagem que tanto deseja, como se a cena estivesse ao vivo.

Nada de borrões, fantasmas e fotos tremidas. A câmera de ação foi desenvolvida para que você pudesse ter a liberdade de curti o seu momento de adrenalina e guardar tudo isso com ótimas capturas que vão render um álbum memorável.

  1. Controle a distância

Uma das facilidades desse tipo de câmera é que ela possui um aplicativo para aparelhos móveis, que possibilita controlar a câmera a distância com dispositivos que utilizam o sistema Android ou IOS.

  1. Versatilidade para o uso

A câmera de ação vem acompanhada com vários acessórios e possui muitas ferramentas que permitem ela ser utilizada para diferentes modalidades de esportes e aventuras. Ela também pode ser utilizada no dia a dia e sempre possibilita um projeto final à altura daquilo que o usuário espera.

Por todas essas razões é que em suas viagens você precisa levar na bagagem uma câmera de ação, especialmente se deseja fazer registros com os mínimos detalhes e guardar para sempre aquele momento radical.

 

hbes-como-tirar-fotos-boas-nas-viagens

Como tirar boas fotos em viagens?

Uma viagem agradável pode terminar mais rápido do que gostaríamos. Então, a solução é registrar ao máximo possível todos os lugares visitados e aquilo que nos chamou a atenção. Afinal, essa é uma forma de manter vivas as memórias desses momentos.
As fotografias são uma excelente maneira de fazer registros, afinal, basta pegar a câmera ou celular e pronto, está guardado para sempre. Mas embora todas sejam especiais é preciso que tenham qualidade também.
Além disso, precisam ser originais para saírem do convencional e mostrarem um álbum bonito, divertido e interessante. Por isso, neste artigo vamos te dar algumas dicas para que você tire boas fotos de suas viagens e guarde essas aventuras para sempre. Acompanhe!
1. Procure o ângulo ideal
Dependendo do ângulo que você adotar duas fotos do mesmo lugar podem ser muito diferentes. Então, pare alguns instantes e escolha aquele ideal para que sua fotografia registre exatamente o que você quer, e seja fiel à beleza do lugar.
2. Escolha o ponto certo
Para fotografar paisagens e eventos o ponto onde você se localiza faz toda a diferença. Não se contente apenas com uma parte da visão. Procure o lugar certo para que consiga fazer o registro de todas as belezas e dos momentos que deseja guardar.
3. Ajuste o seu foco
Valorize a fotografia dando foco naquilo que você quer destacar. Evite deixar sobrando elementos ou espaços. Centralize, ajeite, mude o ângulo e faça um clique harmônico e equilibrado.
4. Mude a sua posição e postura
Se você tem o costume de fazer fotografias sempre em pé, é hora de ver as coisas sob um novo ângulo. Procure encontrar diferentes posições para fazer seus cliques. Agache, deite no chão, olhe de baixo para cima, suba em algum lugar e assim por diante. Você vai conseguir encontrar contrastes que às vezes as pessoas não prestam atenção.
5. Espere o momento certo
Sabe aquela fotografia que foi tirada no momento ideal? Provavelmente o fotógrafo teve muita paciência para esperar que ele chegasse. Mantenha a sua câmera ou celular na mão, e espere o momento ideal, daquele pôr-do-sol magnífico das aves voando ou qualquer outro instante que termina rápido.
6. Explore os contrastes
Se você for fotografar uma construção ou então uma paisagem, um barco, enfim, evite focar somente nisso. Procure fazer contrastes e compor um belo cenário. Use o céu a seu favor, a grama, o mar ou um lago. Você vai conseguir fotos belíssimas se souber explorar esses elementos e outros mais.
Fotografias mais do mesmo? Nunca! Você pode ter um álbum único se seguir essas dicas e inovar nos cliques. Seja ousado e não tenha vergonha de buscar o melhor ângulo e pontos para conseguir imagens inesquecíveis.

Basilica de Bom Jesus de Matosinhos

O turismo movimenta a economia no Brasil, e em todos os estados brasileiros temos diversas atrações que encantam os turistas. E entre essas atrações estão também as igrejas, sendo que muitas além do valor religioso que carregam são um marco e patrimônio histórico do nosso país.

Em Minas Gerais o turista pode encontrar diversas igrejas com esse perfil, construídas há muito tempo e trazendo o estilo da arte sacra referente ao período ao qual pertenceram. São construções belíssimas, que formam um rico roteiro de viagem.

Que tal conhecer algumas dessas igrejas tão especiais de Minas Gerais? Confira a seguir uma lista com 6 delas que você precisa visitar.

Basilica de Bom Jesus de Matosinhos

  1. Basílica de Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas

Foi construída entre o final do século XVIII e o começo do século XIX, e tombada como patrimônio nacional pela Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura) e o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Essa igreja está entre as obras primas de Aleijadinho (Francisco Antônio Lisboa) e trata-se de uma manifestação do período barroco, tendo reconhecimento mundial. Ali o turista poderá apreciar a escadaria externa, que é decorada com 12 estátuas de profetas esculpidas em pedra sabão.

Também há 6 capelas que guardam mais de 60 esculturas em tamanho natural feitas em madeira policromada. Trata-se da representação da Via Crucis.

Igreja Matriz de Santo Antonio

  1. Igreja Matriz de Santo Antônio, em Tiradentes

A Matriz de Santo Antônio é um dos símbolos do barroco do século XVIII, e também recebeu o trabalho de Aleijadinho. A atenção de quem a visita recai sobre a fachada e sua decoração interior, elaboradas pelo artista.

Ela possui um conjunto com 7 lâmpadas de prata e castiçais do altar-mor todos em estilo rococó, e ainda uma coleção toda em prata de objetos litúrgicos. Mas um dos itens mais impressionantes é o órgão da igreja, que veio de Portugal e foi instalado no ano de 1788.

Igreja de Sao Francisco de Assis

  1. Igreja de São Francisco de Assis, em São João Del Rei

Foi construída no século XVIII, sendo que o projeto inicial foi do artista Aleijadinho, mas quem executou a obra foi Francisco de AIma Cerqueira. Nessa construção o que chama muito a atenção são os 6 altares e os púlpitos, além da composição da Santíssima Trindade em relevo, na capela-mor, e o lustre de cristal. O túmulo de Tancredo Neves fica no cemitério dessa igreja.

Igreja de Nossa Senhora do O sabara

  1. Igreja de Nossa Senhora do Ó, em Sabará

Quem a vê por fora enxerga a simplicidade de uma capela rústica, mas é em seu interior que está guardada toda a sua joia. Ali o turista pode apreciar uma belíssima e rica decoração barroca.

As colunas não trazem anjos, mas sim cabeças de dragão, e os personagens bíblicos são retratados com os olhos puxados, mostrando a influência da colônia portuguesa de Macau no trabalho dos artistas que decoraram a igreja.

igraja Matriz de Nossa Senhora do Pilar Ouro Preto

  1. Matriz de Nossa Senhora do Pilar, Ouro Preto

Talvez o ponto mais impressionante dessa igreja seja a quantidade de ouro que está em seus altares, pois ali temos mais de 400 quilos do metal precioso. Mas os detalhes riquíssimos dos estábulos também atraem os olhares, e representam exemplos das três fases do barroco brasileiro.

Ainda possui 6 altares que trazem a representação das irmandades e dos grupos sociais da época, e também há o museu de Arte Sacra. Ele fica localizado no subsolo e traz a imagem de Nossa Senhora do Pilar, Nossa Senhora da Conceição e Santa Bárbara.

Se você for visitá-la repare no teto o desenho do Cordeiro de Deus. Note que o efeito visual criado causa a impressão de que um dos braços da cruz parece estar mudando de lado conforme o ângulo observado.

E ainda há muitas outras igrejas belíssimas em Minas Gerais que também possuem o seu valor histórico e religioso para o estado e o Brasil. Esse é o caso da Catedral da Sé, a Basílica de São Geraldo, a Matriz de Nossa Senhora da Conceição e a Igreja de Nossa Senhora do Carmo.

Coloque em seu roteiro de viagem e conheça esse patrimônio brasileiro, marcos da nossa história e cultura, além de um passeio muito agradável!

 

 

asa-delta-rio-de-janeiro

Voar de asa delta é uma aventura magnífica para quem gosta de estar nas alturas. As paisagens vistas lá do alto são muito diferentes, e a emoção do voo é única. Mas para que a experiência seja realmente inesquecível é preciso partir dos pontos certos.

Se você pretende visitar o Rio de Janeiro e já está se preparando para esse passeio aéreo, então que tal conhecer os pontos mais interessantes para fazer um voo de asa delta? Continue lendo e anote em seu roteiro de viagem para não esquecer!

Pedra Bonita

A rampa que se localiza na Pedra Bonita, em São Conrado, é a mais famosa do Brasil. Além do voo fantástico que proporciona ela fica dentro do Parque Nacional da Tijuca e só por aí já começa um belo passeio.

Tem altitude de quase 600 metros, e do alto é possível ver a Pedra da Gávea, o Corcovado e o Morro dos Dois Irmãos. Quem salta dessa rampa faz o pouso na Praia do Pepino, também em São Conrado.

asa-delta-rio-de-janeiro

Nova Iguaçu – Rio de Janeiro

Mas quem deseja saltar de um dos melhores pontos para voo de asa delta precisa mesmo se distanciar uns 40 km da cidade para chegar até a rampa da Serra do Vulcão, em Nova Iguaçu. Com certeza ao chegar lá você verá que valeu a pena andar um pouco mais, mas é preciso um carro tracionado, porque o caminho é difícil.

Isso porque a Serra está 885 metros acima do nível do mar, e ainda há duas opções de rampas para saltar. Uma delas é feita de madeira e a outra é uma rampa natural. Por isso, é possível saltarem duas pessoas em voo simultâneo.

Serra das emergências – Búzios

A charmosa cidade de Búzios também traz o atrativo dos voos de asa delta, e não poderia ficar de fora do seu roteiro. O lugar é belíssimo, embora seja bem mais baixo do que as outras duas rampas. Esse tem apenas 173 metros.

Mas, o local para salto é muito bom, com área gramada em espaço particular que se localiza no Parque da Costa do Sol. Aqui também pode-se saltar com dois pilotos simultaneamente, e ainda há uma área que possibilita a montagem e a checagem dos equipamentos.

Dicas para voar de asa delta

Vale lembrar que para voar de asa delta é essencial ter o equipamento adequado, ou contratar um instrutor de voo para fazer um salto a dois. Lembre-se que é fundamental contar com especialistas para manter a sua segurança.

No caso de pessoas ainda iniciantes é recomendado que o salto seja feito em rampas próximas ao litoral. Isso porque ali a brisa do mar é mais suave e não tem turbulências. Isso garante um voo mais seguro.

Também é uma boa opção para quem vai voar pela primeira vez e não quer se assustar, mas sim aproveitar bem o passeio. De toda forma, sempre converse com o instrutor para que ele possa orientar sobre como proceder e tire suas dúvidas.

O valor dos voos de asa delta no Rio de Janeiro pode variar segundo a empresa escolhida e o pacote contratado. Isso porque é possível também solicitar serviços para guardar recordações, como a filmagem do voo e fotos aéreas.

Anotou? Então agora é só aproveitar o passeio e não esquecer de registrar tudo para ter boas lembranças!