Aplicativos para organizar seu feed no Instagram

Nem todo mundo liga para a organização do feed do Instagram, e se importa mesmo em colocar ali as suas fotos e imagens preferidas, ou que deseja compartilhar com todo mundo. E realmente organizar feed não é o que vai fazer com que o perfil ganhe mais seguidores ou curtidas.

Porém, o visual fica muito mais agradável e mostra que a pessoa realmente se importa em manter a casa arrumada, digamos assim. E para quem é perfeccionista, o organizar é crucial, sendo que um feed todo bagunçado é uma verdadeira tortura.

Seja qual for o seu motivo, se você quer organizar o feed do Instagram e deixar tudo em perfeita harmonia, há algumas ferramentas que podem lhe ajudar nessa tarefa. E nos trazemos neste artigo algumas opções de aplicativos para fazer isso. Continue lendo e veja como seu feed pode ficar bem arrumado facilmente.

UNUM

O UNUM é o app mais conhecido para organizar feed, porém, somente está disponível para sistema iOS. Ele faz a importação das suas fotos já postadas no feed e ainda mantém espaço em aberto para que você acrescente mais imagens ou reorganize as fotografias.

Ainda tem recursos adicionais como figurinhas, filtros, gráficos de interação do perfil, hashtags que você costuma usar e sugere os melhores horário para fazer suas postagens. Além disso, permite recortar as fotos para postar só aquilo que realmente interessa.

Gallery Organizer

Esse é um app para quem usa o sistema Android, que é claro, também tem o direito de organizar feed como todo mundo! E a grande vantagem dele é para quem precisa administrar mais de um perfil no Instagram.

É um aplicativo muito intuito que faz simulações das postagens para que você possa ver como ficará o grid antes de colocar no ar. Dentre do próprio aplicativo você já tem a opção de fazer a postagem e compartilhar as imagens que deseja.

Planoly

Esse é um aap também para o sistema iOS e que funciona com os mesmo recursos do UNUM, oferecendo as vantagens que ele oferece. Porém, o diferencial do Planoly é que ele tem um recurso a mais.

Com esse aplicativo além de fazer tudo aquilo que você pode com o UNUM, ainda tem a vantagem de poder agendar as suas postagens. Assim, é possível organizar tudo num determinando horário, mas pedir para que o aplicativo poste somente quando você quiser. Ideal para quem não pode estar online o dia todo.

Snug

Mas se você já tem o seu editor de fotografais preferido e quer somente organizar feed, então esse app é o ideal, porque ele não tem tantos recursos para trabalhar as fotografias, mas é muito bom para manter tudo em harmonia.

Sua funcionalidade é simples, ele está disponível somente para os sistema iOS e ainda tem o fato de ser pago. Mas o preço é bem camarada, cerca de 99 centavos de dólar, o que não chega nem a 4 reais.

Organizar feed não precisa ser chato ou uma tarefa demorada, porque os apps estão aí para ajudar nisso também. Então, baixe aquele que mais está de acordo com o que você precisa e desfrute de um perfil harmônico e agradável.

Tirar uma fotografia é fácil, não se pode negar, mas com a qualidade de um profissional não é para qualquer um, certo? Por isso, quem deseja fazer cliques memoráveis e guardar verdadeiras obras de arte consigo, deve fazer um curso de fotografia e se tornar um profissional, ou pelo menos adquirir conhecimento.

Por que isso é relevante? Ora, não se tira uma boa foto no susto digamos assim, pelo menos a grande maioria fica com uma qualidade ruim… É preciso panejar a fotografia, escolher bem sua câmera, ajustar, encontrar o ângulo, “brigar” com a luz, entre outros detalhes.

Assim, e só assim, é possível fazer um clique realmente profissional e digno de participar de concursos como o Wildlife Photographer of the Year. Todos os anos o evento premia as melhores imagens e abre espaço para todos os países participarem.

Em 2017 foram 92 nações participantes e quase 50 mil imagens para serem selecionadas e analisadas. E o mais interessante é que o concurso abre espaço também para jovens talentos.

As categorias premiam as melhores fotografias por idade, e aceitam até mesmo participantes com menos de 10 anos. Além da idade, há também os temas que dividem as imagens em outras categorias, como “Animais em seus ambientes”, ou “Retratos de animais”.

No dia 17 de outubro de 2017 foram divulgadas as vencedoras, e no dia 20 elas estavam expostas no Museu de História Natural de Londres. Essa foi a sétima edição do concurso, e nós não deixaríamos você curioso, é claro, por isso, que tal conhecer as imagens que conseguiram seu lugar de destaque?

Memorial to a Species, por Brent Stirton venceu as categorias Adulto e Story, tirada na África do Sul.

melhores fotografias de 2017 Memorial to a Species

 

The Good Life, por Daniël Nelson – venceu a categoria de 15 a 17 anos, tirada no Parque Nacional Odzala, República do Congo.

melhores fotografias de 2017 The Good Life

 

Stuck In, por Ashleigh Scully – vencedora da categoria de 11 a 14 anos, tirada no Parque Nacional de Yellowstone, EUA.

melhores fotografias de 2017 Stuck In

 

The Grip of the Gulls, por Ekaterina Bee – vencedora da categoria menores de 10 anos, tirada numa viagem de barco pela costa norueguesa.

melhores fotografias de 2017 The Grip of the Gulls

 

The Night Raider, por Marcio Cabral – o brasileiro venceu a categoria Animais em seus ambientes, tirada no Parque Nacional das Emas, Goiás.

melhores fotografias de 2017 The Night Raider

 

Contemplation, por Peter Delaney – vencedor da categoria Retratos de animais, tirada no Parque Nacional Kibale, Uganda.

melhores fotografias de 2017 Contemplation

 

Crab Surprise, por Justin Gilligan – venceu a categoria Comportamento: invertebrados, tirada na Austrália.

melhores fotografias de 2017 Crab Surprise

 

The Incubator Bird, por Gerry Pearce – vencedor da categoria Comportamento: aves, a imagem veio do Reino Unido/Austrália.

melhores fotografias de 2017 The Incubator Bird

 

Ancient Ritual, por Brian Skerry – vencedora da categoria Comportamento: anfíbios e répteis, tirada no Parque Nacional Sandy Point.

melhores fotografias de 2017 Ancient Ritual

 

Giant Gathering, por Tony Wu – venceu a categoria Comportamento: mamíferos, foto tirada na costa do Sri Lanka.

melhores fotografias de 2017 Giant Gathering

 

Tapestry of Life, por Dorin Bofan – imagem vencedora da categoria Plantas e fungos, tirada em Hamnoy, na Noruega.

melhores fotografias de 2017 Tapestry of Life

 

The Jellyfish Jockey, por Anthony Berberian – venceu a categoria Subaquática, imagem registrada no mar do Tahiti.

melhores fotografias de 2017 The Jellyfish Jockey

 

The Ice Monster, por Laurent Ballesta – imagem vencedora da categoria Meio ambiente, tirada nos arredores da base científica Dumont d’Urville, na Antártica

melhores fotografias de 2017 The Ice Monster

 

Polar Pas de Deux, por Eilo Elvinger – vencedora da categoria Preto e branco, foi registrada no Ártico norueguês.

melhores fotografias de 2017 Polar Pas de Deux

 

Palm-oil Survivors, por Aaron Gekoski – venceu a categoria Fotojornalismo, tirada na ilha de Bornéu.

melhores fotografias de 2017 Palm-oil Survivors

Todas merecem seu prêmio, não é mesmo? Quem sabe a sua também não pode estar lá em 2018? Veja aqui dicas de fotografia

Existe uma grande diferença entre simplesmente tirar uma foto e fazer uma fotografia. Isso porque registrar um momento é simples, basta apertar o botão da câmera, mas para que a imagem seja fiel ao original e não tenha nenhum defeito, é preciso preparar o equipamento.

O parasol é um acessório muito importante que possibilita melhorar a qualidade das fotografias e deixá-las com um toque profissional. E neste artigo vamos explicar o que ele é e também para quê serve. Continue lendo e descubra como pode fazer toda a diferença em suas fotografias.

O que é o parasol?

Também conhecido como lens hood, o parasol é o acessório que impede que a lente seja atingida por fragmentos de luz que são desnecessários para a foto. Ele fica encaixado na lente e limita a incidência de luz sobre ela quando a posição está desfavorável.

Pode ser utilizado tanto para a luz do sol, como também para luzes artificias. Quando a luz está numa posição ruim para o foco da fotografia ela pode criar efeitos como flare e glare, que podem ser considerados como defeitos da imagem.

Essas manchas assumem diversos formatos, como o de pentágono, círculos, heptágonos e outros. Muitas vezes essas manchas podem ter uma coloração também, que geralmente é o vermelho. Quando o flare ou o glare não são desejados na imagem, então, o parasol vem salvar o seu trabalho.

Pela posição que adere na lente, o parasol também pode ajudar a protegê-la. Isso porque ele fica a frente da lente e sua volta, assim, se você esbarrar, bater ou deixar a câmera cair, o parasol chegará primeiro ao local de impacto e a lente não sofrerá nenhum dano.

Assim, o parasol, então, numa comparação mais grosseira, pode ser similar a aba de um boné. Ela fará uma sombra na lente para reduzir a luz que é captada, e dessa maneira, você pode fazer boas fotografias ainda que o sol esteja interferindo.

E também é possível escolher entre dois modelos de parasol, que são indicados para tipos diferentes de lentes. Lembre-se de que para obter um bom resultado é essencial comprar o parasol certo, e não apenas para sua câmera parecer mais profissional.

O parasol pode ser encontrado no formato de flor ou então cilíndrico. O acessório ideal para lentes que possuem um ângulo mais aberto, como a 18-55 mm são também os mais abertos e menores, para não aparecer nas fotos.

Já para as lentes como a 75-300 mm, que são teleobjetivas, pode ser usado um mais longo. Porém, isso se você precisar comprar a parte, porque as lentes mais profissionais ou mais caras já vêm com o parasol.

Agora você já sabe como evitar os pontinhos de luz que aparecem em suas imagens, certo? Mas não se esqueça de escolher o parasol ideal ou o resultado continuará sendo insatisfatório para você.

Então a noite se inicia linda, com um entardecer digno de pinturas e uma lua magnífica no céu! Isso merece um registro, não é mesmo? Mas quando o clique é feito e a foto tirada, a expectativa é uma, porém, a realidade outra…

Uma bolinha de luz, só isso e nada mais. Nem mesmo parece que o objeto em foco era aquela imensa bola no céu. E acredito que praticamente todo mundo já tenha passado por essa frustração.

Mas hoje ela termina, porque você vai aprender algumas dicas que vão lhe ajudar a tirar boas fotos da Lua. Veja só como ter um resultado melhor do que uma simples luzinha num manto negro.

  1. Capriche no zoom

Lembre-se de que a Lua está bem longe de você, então, para ter maiores detalhes e aproximar bem a imagem, é preciso usar o zoom. Coloque esse recurso no máximo possível mantendo o foco, para que a imagem da Lua fique bem próxima.

  1. Use uma abertura baixa

Não se esqueça de que a Lua já reflete bastante luz do sol e brilha muito, o que faz com que não seja necessário usar uma abertura muito grande. Você pode manter entre F8 e F13 que já conseguirá ter um bom resultado. Se usar uma abertura muito pequena haverá superexposição e isso vai interferir na qualidade da sua fotografia.

  1. Evite ao máximo tremer a foto

Com o zoom bem aproximado qualquer pequeno movimento interfere na fotografia pode causar borrões ou desfocar. Aqui é fundamental ter mais bem firmes para conseguir uma boa imagem. Mas se você acha que algo pode dar errado, então, prefira usar um tripé para garantir de que não haverá tremores.

  1. Faça uma boa regulagem do obturador

O obturador é o que faz com que o objeto focado esteja congelado na imagem, ou seja, bem nítido e delimitado. Por isso, é importante usar uma boa velocidade para ele, como 1/250. Se você deixar a velocidade baixa a fotografia ficará embaçada. Uma velocidade alta vai deixar a lua paradinha na imagem.

  1. Use a quantidade de luz certa

A quantidade luz é controlada pelo ISO da câmera, e para que a Lua fique linda em sua fotografia é preciso ajustar bem esse recurso. É importante regular de modo que a imagem não fique granulada em sua câmera, e isso varia para cada uma.

Se você tem uma câmera boa e com uma ótima tolerância de ISO, então, pode usar um valor alto. Mas em câmeras intermediárias, com ISO que não passa de 1600, então prefira usar apenas 800. Mas isso não é uma regra, porque com ISO menor também é possível tirar boas fotos, por isso, observe em seu visor a qualidade, da imagem antes de tirar a foto.

Não se esqueça de que a melhores fotografias costumam ter todo um planejamento, ou seja, não se trata de simplesmente apertar o botão e fazer a foto. Há a escolha da lente, do ângulo, da melhor regulagem e até mesmo do horário em alguns casos. Por isso, tenha a paciência de preparar o seu equipamento para fazer uma boa imagem.

cursos-de-fotografia-em-sao-paulo

Com a popularização dos smartphones e celulares com câmera fotográfica. Além das câmeras digitais, fazer fotografias se tornou rotineiro e comum para todas as pessoas. Porém, a facilidade em registrar um momento não significa que isso seja feito com qualidade.

Para que uma fotografia seja o registro perfeito de um momento é preciso que quem a tirou saiba o que está fazendo. E por isso, quem deseja fazer belas fotos ou então até mesmo começar uma carreira como fotógrafo, deve fazer um curso de fotografia.

Essa é uma maneira de dominar as técnicas da fotografia, aprender a escolher os melhores ângulos, trabalhar com luzes e sombras, definir o melhor local, explorar todos os recursos das câmeras entre outros conhecimentos fundamentais para que as imagens sejam fieis ao original.

E para que está em São Paulo fazer um curso de fotografia é muito fácil, porque existem várias escolas e instituições que o oferecem. E aqui vamos deixar para você uma lista com alguns dos melhores cursos de fotografia em São Paulo, então basta escolher o seu e começar a fazer cliques incríveis e profissionais.

  1. Senac

Oferece modalidades diferentes para o curso de fotografia, sendo cursos livres, técnicos e graduação. Assim, é possível optar por aquele que mais esteja acequiado ao que se pretende, se apenas tirar boas fotos para si ou fazer carreira.

  1. DRC Cursos

Oferece cursos de fotografia e também para edição de imagens, o que pode ser ideal para quem pretende não somente fazer registros, mas também trabalhar as fotografias dando um toque pessoal. É um centro de treinamento experiente, com mais de 20 anos de atuação.

  1. Focus

Com tradição que vem desde o ano de 1975, forma profissionais na área de fotografia dando todo o suporte teórico e técnico que precisam, essencial para dominar o universo da fotografia.

  1. Escola Panamericana de Arte

Oferece curso de formação em fotografia, e além de transmitir os conhecimentos que o profissional vai precisar para exercer a profissão, também trabalha a criatividade dos alunos para que se tornem profissionais completos.

  1. Cine Clube Bandeirantes

Com 75 anos de tradição, essa é uma das escolas mais tradicionais de São Paulo, e apontada como uma das mais importantes também. Oferece cursos de fotografia tanto para amadores como para profissionais.

  1. Full Frame

Com fundação datada de 2007, a escola já formou 3.000 alunos e oferecer cursos de fotografia em diversos níveis, para que tanto aqueles que não têm conhecimentos, como os que pretendem aperfeiçoá-los, encontrem ali o que precisam.

  1. IIF – Instituto Internacional de Fotografia

O IIF oferece cursos de fotografia também em formato livre e outros voltados para os profissionais da área. Atende tanto experientes como também pessoas amadoras. E segundo os profissionais é uma das melhores escolas de fotografia.

  1. Escola São Paulo Economia Criativa

E por fim, mas não menos importante, esse curso de fotografia também atende profissionais e amadores, e traz conhecimentos básicos e outros que vão até a fotografia para moda e ainda fotojornalismo.

Seja para suas selfies e fotos pessoais, ou então para se tornar um fotógrafo profissional, você pode optar por um desses cursos e descobrir o maravilhoso mundo da fotografia.

 

app-para-editar-fotos2

Nem todos os cliques que nós fazemos ficam perfeitos, ou quem sabe dá para melhorar um pouquinho. E para conseguir postar aquele selfie impecável ou uma fotografia de tirar o fôlego, temos o suporte de aplicativos editores de imagem, que nos ajudam deixar nossas fotografias como desejamos.

Mas não são todos os Apps editores que cumprem bem essa função e para alcançar o resultado ideal, é preciso utilizar um bom aplicativo. E neste artigo vamos mostrar para você quais são os melhores para editar fotos no Android e no iPhone. Confira nossa lista!

  1. Adobe Photoshop Express

O melhor programa de edição de imagens também possui a sua versão mobile. Você faz a captura com sua câmera do celular e pode trabalhar como quiser usando esse App. Além de funções básicas como cortar e rotacionar, você também pode aplicar filtros e corrigir imperfeições.

  1. Google Snapseed

Embora seja um aplicativo desenvolvido pelo Google, esse App editor de imagem também funciona com perfeição no iPhone. Ele é gratuito e oferece ferramentas para melhorar imagens, como cortes, filtros, ajustes de brilho e foco, remoção de elementos e tudo isso com muita agilidade, porque o App é rápido na edição.

  1. VSCO

Essa é mais uma opção que roda tanto em aparelhos Apple como no Android. Você conta com opções de filtro que ainda podem ser mais ou menos intensos. Também é possível corrigir o contraste e a temperatura das imagens. Ele é gratuito, mas possui uma versão paga e pode ser o App ideal para suas fotos de redes sociais.

  1. Prisma

Esse é o App ideal para quem deseja fazer de suas fotografais uma verdadeira obra de arte. Ele não é como os demais aplicativos, e você pode usar filtros incríveis que são inspirados em estilos artísticos. Muito poular para aparelhos iPhone, agora ele também possui uma versão Android.

  1. FaceTune

Esse App é para aparelhos com Android, e na verdade, trata-se de um item indispensável para quem adora tirar selfies. É possível fazer muitas mudanças nas imagens com ele, como branquear os dentes, corrigir imperfeições e fazer ajustes de cor. Tudo para postar aquela foto que ganha centenas de curtidas.

  1. Enlight

Esse é o aplicativo para quem está aprendendo a usar editores de imagem e também para quem já tem alguma experiência nisso. O App oferece efeitos práticos, como remover objetos, e também algumas funcionalidades mais artísticas. Além disso, você pode trabalhar apenas uma parte da foto, o que permite muitas possibilidades. Mas ele é só para quem usa o iPhone.

Nada de fotografias com “cara lavada” em suas redes sociais! Com esses Apps editores de imagem você vai postar apenas a nata de suas melhores imagens!

 

çamera-de-acao-na-sua-viagemçamera-de-acao-na-sua-viagem

O mercado tecnológico está sempre inovando e trazendo opções interessantes para utilizarmos no trabalho, no dia a dia ou então durante nossas viagens. E a câmera de ação é uma dessas opções que já caiu no gosto dos aventureiros.

Isso porque ela é capaz de fazer registros incríveis e únicos de suas aventuras, mesmo que você esteja em movimento, que as condições não sejam muito boas e você não possa manusear pessoalmente o equipamento.

Suas funcionalidades e seu design atraem os consumidores, que veem nesse tipo de câmera a alternativa ideal para imortalizar os seus momentos de aventura com a qualidade que se espera, a fim de ser fiel ao original.

Você ainda não tem uma câmera de ação? Então veja a seguir algumas razões que vão lhe mostrar porque você precisa ter uma dessas em sua próxima viagem.

  1. Características gerais

Se você precisa de uma câmera com boa resolução, completa, versátil e prática, a câmera de ação traz para você as características gerais que está buscando, como leveza, portabilidade, design compacto, case à prova de água e contra choque, sistema de estabilização de imagens e suporte para capacete.

  1. Opções de registros

A câmera de ação pode ser utilizada tanto para registro de fotografias como também para fazer vídeos. Ou seja, você pode escolher como deseja registar suas aventuras, e em ambos modelos ela mostra excelente qualidade, e armazena em cartão MicroSD.

  1. Imagens em movimento

Uma das grandes vantagens da câmera de ação para os aventureiros é que elas fazem o registro de imagens mesmo em movimento. Ou seja, você pode conseguir um ótimo clique daquele milésimo de segundo e alcançar a resultado de imagem que tanto deseja, como se a cena estivesse ao vivo.

Nada de borrões, fantasmas e fotos tremidas. A câmera de ação foi desenvolvida para que você pudesse ter a liberdade de curti o seu momento de adrenalina e guardar tudo isso com ótimas capturas que vão render um álbum memorável.

  1. Controle a distância

Uma das facilidades desse tipo de câmera é que ela possui um aplicativo para aparelhos móveis, que possibilita controlar a câmera a distância com dispositivos que utilizam o sistema Android ou IOS.

  1. Versatilidade para o uso

A câmera de ação vem acompanhada com vários acessórios e possui muitas ferramentas que permitem ela ser utilizada para diferentes modalidades de esportes e aventuras. Ela também pode ser utilizada no dia a dia e sempre possibilita um projeto final à altura daquilo que o usuário espera.

Por todas essas razões é que em suas viagens você precisa levar na bagagem uma câmera de ação, especialmente se deseja fazer registros com os mínimos detalhes e guardar para sempre aquele momento radical.

 

hbes-como-tirar-fotos-boas-nas-viagens

Como tirar boas fotos em viagens?

Uma viagem agradável pode terminar mais rápido do que gostaríamos. Então, a solução é registrar ao máximo possível todos os lugares visitados e aquilo que nos chamou a atenção. Afinal, essa é uma forma de manter vivas as memórias desses momentos.
As fotografias são uma excelente maneira de fazer registros, afinal, basta pegar a câmera ou celular e pronto, está guardado para sempre. Mas embora todas sejam especiais é preciso que tenham qualidade também.
Além disso, precisam ser originais para saírem do convencional e mostrarem um álbum bonito, divertido e interessante. Por isso, neste artigo vamos te dar algumas dicas para que você tire boas fotos de suas viagens e guarde essas aventuras para sempre. Acompanhe!
1. Procure o ângulo ideal
Dependendo do ângulo que você adotar duas fotos do mesmo lugar podem ser muito diferentes. Então, pare alguns instantes e escolha aquele ideal para que sua fotografia registre exatamente o que você quer, e seja fiel à beleza do lugar.
2. Escolha o ponto certo
Para fotografar paisagens e eventos o ponto onde você se localiza faz toda a diferença. Não se contente apenas com uma parte da visão. Procure o lugar certo para que consiga fazer o registro de todas as belezas e dos momentos que deseja guardar.
3. Ajuste o seu foco
Valorize a fotografia dando foco naquilo que você quer destacar. Evite deixar sobrando elementos ou espaços. Centralize, ajeite, mude o ângulo e faça um clique harmônico e equilibrado.
4. Mude a sua posição e postura
Se você tem o costume de fazer fotografias sempre em pé, é hora de ver as coisas sob um novo ângulo. Procure encontrar diferentes posições para fazer seus cliques. Agache, deite no chão, olhe de baixo para cima, suba em algum lugar e assim por diante. Você vai conseguir encontrar contrastes que às vezes as pessoas não prestam atenção.
5. Espere o momento certo
Sabe aquela fotografia que foi tirada no momento ideal? Provavelmente o fotógrafo teve muita paciência para esperar que ele chegasse. Mantenha a sua câmera ou celular na mão, e espere o momento ideal, daquele pôr-do-sol magnífico das aves voando ou qualquer outro instante que termina rápido.
6. Explore os contrastes
Se você for fotografar uma construção ou então uma paisagem, um barco, enfim, evite focar somente nisso. Procure fazer contrastes e compor um belo cenário. Use o céu a seu favor, a grama, o mar ou um lago. Você vai conseguir fotos belíssimas se souber explorar esses elementos e outros mais.
Fotografias mais do mesmo? Nunca! Você pode ter um álbum único se seguir essas dicas e inovar nos cliques. Seja ousado e não tenha vergonha de buscar o melhor ângulo e pontos para conseguir imagens inesquecíveis.